Pular para o conteúdo principal

2020

Olá seus lindos!!!

Dizem que 2020 começou...
Hoje é dia 16/02/2020...
É, pareeeeece que começou mesmo.

Vocês fazem METAS todo início de ano? Eu confesso que SEMPRE faço, NUNCA cumpro. Ano passado eu prometi pelo menos umas 10 coisas, ali beirando o "reveião". Quais eram? Não faço a menor ideia, mas provavelmente não cumpri nenhuma. É... acontece...

Então... 2020, né?
Ano novo, metas foram feitas. TUDO NOVO!!! E eu?? Estou cumprindo um total de 0% do planejado. O melhor e pior é que sei exatamente o motivo disso: eu sou PhD em procrastinação. Sério, eu sou perito sênior nisso.

Resultado? Vish... lá vamos nós!

Ler um livro e meio por mês. Não terminei nem o primeiro ainda.
Dar andamento no meu podcast pessoal. Necas!
Tocar 30 minutos de violão por dia. Nadinha!
Estudar inglês/espanhol, 20 minutos/dia. Xiii...
Estabilidade emocional em relacionamentos. KKKKKKKK!!! (melhor piada!)
Não procriar. Não morrer. Não matar. É, falemos disso outra hora.

De todas a metas, que tracei para 2020, só estou estou dando andamento em uma: me perdoar. Óbvio que estou LONGE do ideal, bem longe, mas hoje tenho mais paciência com minha falibilidade. Difícil pra caralho, acredite, mas estou evoluindo devagar.

Ainda dá tempo, né? Faltam dez meses ainda pra este ciclo se encerrar. Ainda dá tempo de cumprir algumas metas, azeitar outras. Foco, força e café!!

Amanhã é segunda-feira, sejamos otimistas: vai que o ano começa amanhã!!!?

Conto pra você no próximo post.

Postagens mais visitadas deste blog

Derretendo Satélites

Olá querenteners!! Tirando o caos, mé ki cêis tão!? Então, estava eu, devaneando internet afora e me deparei com um vídeo no instagram duma amiga, feito por ela, tocando um trecho de Derretendo Satélites, da Paula Toller (Kid Abelha) e Hebert Vianna (Paralamas do Sucesso). Tô lá, vendo o vídeo da Luísa (@luisagardezim), toda linda, cantando e tocando seu violão, quando me deparo com a letra da música. Fui lá googlar atrás da letra completa... foi eita atrás de vish seguido de "mas GENTE!!!" kkkkkk... Fui lá, me deliciando com cada frase, trecho e analogias da música, até que descobri que não consegui traduzir uma última referência: "derretendo satélites". Sim, exatamente o nome da música foi a única referência, da música todinha, que eu não pesquei. Pesquisei e nada. Nadinha. Nem uma dicazinha!! Alguém pode me ajudar? Que car*lhos voadores quer dizer essa frase ("derretendo satélites") nessa música?

Tá tudo perfeito, mesmo quando não parece

Ouvi uma frase maravilhosa num filme que assisti recentemente (lindo, leve e que trouxe ninjas cortadores de cebolas em momentos bastante inesperados... daí serem ninjas, né, Patux!): "There may be something wrong with you, but you're perfect." [Talvez haja alguma coisa errada com você, mas você é perfeita.] ( Kevin, seu lindo! ) Quando o jovem soltou esta frase, eu quase dei uma pirueta no sofá em êxtase. Esta frase simplesmente define TUDO que se há pra dizer para alguém que você admira, dedica afeto, pra uma pessoa que você olha com carinho, mesmo ciente de que, como QUALQUER ser humanos, aquela pessoa possui fraquezas, ela erra, ela tropeça, ela tem dias difíceis. Sabe por que? Porque TODO mundo é assim. O que difere as pessoas que possuem/cativam seu amor/afeto das que não possuem são exatamente quais características delas possuem afinidades com suas demandas. Qualidade? Defeito? Isso é só o adjetivo que damos às características. Porque, no fim, é isso. Característic

Too fucked to be something

See my pain, look yourself in the mirror, See my happiness, look this terror tale,  You was, you are, will you be?  My tear, my smile, my breath and my death.  They don't see the real me, but, sometimes, I really don't know who I am either.  Too busy.  Too hasty.  Too fucked. (sei lá o porquê de eu ter escrito em inglês, mas foi como minha mente dodói cuspiu, eu só digitei depois)