terça-feira, 2 de abril de 2019

Menos, bem menos…

Menos, bem menos…
Quero ter menos. Obter menos. Consumir menos.
Quero ser menor. Não há mais força para crescer.
Quero sentir menos. Não há mais dor que eu suporte.
Quero pensar menos. Há mais perguntas que respostas. Tudo é concreto e complexo demais para mim.
Quero custar menos. Não tenho condições de suportar o desperdício de energia humana que eu sou.
Quero ser menos visto. Quero desaparecer. Me tornar invisível. Esquecido.
Encolher até inexistir.