domingo, 19 de maio de 2013

Ler de novo: O Pequeno Príncipe



À cada dois ou três anos eu leio o livro "Le Petit Prince", ou "O Pequeno Príncipe". De cara eu já digo: não me venham com esta piada de que toda miss ainda diz que lê ele porque é mentira, miss não sabe ler nada muito além do que o Dudu saiba. (se não entendeu a piada, http://youtu.be/Xh0t3iQ6720)

Voltando ao assunto, duas coisas aconteceram simultaneamente:
  1. estou desmontando minhas caixas de livros, reorganizando a biblioteca;
  2. vi que uma "prima" minha está lendo o livro, fato que me trouxe o tema à tona;
O Pequeno Príncipe
"Le Petit Prince (no Brasil O Pequeno Príncipe; em Portugal, O Principezinho) é um romance do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, publicado em 1943 nos Estados Unidos. Numa primeira leitura, aparenta ser um livro para crianças, mas possui um grande teor poético e filosófico." (Wikipedia)
Sempre que leio este livro, é como se eu lesse um novo livro. É impressionante como um livro tão pequeno, tão breve e tão subestimado pode falar tanto por tanto tempo.

Talvez eu volte daqui alguns dias, falando sobre coisas que li nele, nesta que deve ser minha quarta ou quinta leitura dele. É, e não me canso de relê-lo.

Enfim, se não leu, leia. 
Se já leu, diga algo sobre sua leitura.

PS: mais alguém se lembra do desenho animado do Pequeno Príncipe? E do filme!??!

=)

terça-feira, 14 de maio de 2013

Pataquada Scolari não me representa

Depois de ver esta convocação de Luiz Felipe Scolari (http://goo.gl/hvOjc) para a Seleção Brasileira de Futebol, para competir na Copa das Confederações 2013, eis que chego à esta conclusão.

#LuizFelipeScolari + CBF(alida) = convicção de que esta #PataquadaScolari não me representa!!!


quinta-feira, 9 de maio de 2013

Direitos iguais, obrigações diferentes... há algo errado aqui!

Ok meninas, moças, senhoritas e senhoras, chegou a tão esperada hora de fazerem barulho... mais ainda.

Acontece que hoje eu quero, desejo, anseio que todos (machos, fêmeas e variações) façamos a simples reflexão: até quando TODO mundo vai ficar BERRANDO por direitos iguais SEM absorver as obrigações iguais??

Cuidado, minhas queridas pimpolhas, cuidado porque a corda está por arrebentar. Passaram tantos anos lutando por igualdade. Alcançaram isto. Infelizmente, agora estão ultrapassando isto, estão começando a exagerar, a transformar o homem (masculino e similares) em escória, estão criando um mito baseado na ideia de que homem merece sofrer simplesmente por ser... homem! Alto lá!!!

Mas qual o resultado deste comportamento estúpido?? Sinceramente, não quero estar vivo para ver.
Fonte: http://farm6.staticflickr.com/5065/5692055844_591c9a2c57.jpg

Tenho dois pensamentos que se complementam e misturam acerca desta questão.

O primeiro é que, simplesmente, não há razões lógicas para que o tratamento à homens e mulheres seja igual. Calma, respira e leia. Alguém trata uma criança como trata um idoso? Alguém trata um cego como trata um coxo? As pessoas são diferentes, por mais "classificadas" que elas possam ser (criança, jovem, adulto, idoso), são diferentes. Por isto recebem tratamento diferente.

O segundo pensamento é que não importa COMO você classifique as pessoas, eu classifico todas como humanos. Humanos, sejam de onde for ou de onde vierem, têm os mesmos direitos e deveres a serem respeitados e cumpridos conforme legislação em vigor.

Vocês são inteligentes, tirem suas conclusões.

Para fechar, segue um vídeo, está legendado, então acaba sendo auto-explicativo.

Opinem, por favor.


Palavra do dia: Sexismo

( Segue link da publicação "fonte", 
com a qual tive contato e fui inspirado a 
escrever esta publicação: http://goo.gl/DT4nr )

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Pérolas da Copa 2014: Caxirola

É triste, eu sei, mas vou usar a frase clássica na blogaiada afora, segure-se...

Se você não esteve fora do planeta Terra nas últimas semanas, (pronto, passou, nem doeu) você certamente ouviu falar da tal da CAXIROLA.

E esta daí é nossa pérola de hoje, em mais uma das muitas PÉROLAS DA COPA2014.



Resumão da obra:
  • Carlinhos "Morre Logo" Brown é o dono da patente deste instrumento maldito;
  • a caxirola é, em resumo, uma versão plastificada do caxixi. O caxixi, dentre outros usos, é o instrumento que acompanha o berimbau nas rodas de capoeira. Existe há, ~apenas~, uns dois séculos, só isso!
  • a ideia do brilhante Carlinhos Brown era que a caxirola fosse pro Brasil o que a VUVUZELA (lembra daquela buzina INFERNAL da Copa do Mundo 2010, na África do Sul??) foi pra África do Sul. Ele esqueceu apenas de UM detalhe: a vuvuzela faz parte da "cultura futebolística" de lá há mais de duas décadas. Você já viu alguma torcida de futebol tocando CAXIXI como instrumento musical para demonstrar apoio a algum time!?
  • o preço estimado por cada CAXIROLA é de 30 reais. O lucro esperado por Brown e seus asseclas beira 1,5 bilhões de reais... sim... isto mesmo;

O portal Globo Esporte, ligado à emissora de TV Rede Globo que por sua vez está ligada á Carlinhos Brown, publicou manchete com o seguinte título no dia 28/04/2013 22h09: "Revolta da Caxirola: indignação e falta de educação causam vexame". (link no fim do texto)

Minha opinião, em tópicos:
  • esta CAXIROLA é a cara da Copa 2014;
  • eu não chamaria a chuva de caxirolas que aconteceu no Fonte Nova de "falta de educação", eu chamaria de "feedback";
  • caxixi, ok, caxirola, não.



E pensar que esta não é a pior das notícias sobre esta Copa do Mundo no Brasil...


Publicação "inspiradora" desta postagem: http://goo.gl/kjLYX

sábado, 4 de maio de 2013

A arte de ser inútil

Há pessoas que simplesmente delegam a si mesmas a missão de serem inúteis.

(?)

Calma, calma.
Não estou dizendo que você é um inútil. Estou dizendo que há pessoas que, ainda não descobri o motivo, deram a si mesmas a tarefa de se fazerem inúteis.

Pessoas que:
- abrem armários e não fecham;
- abrem torneira e deixam pingando ao terminar o uso (ou nem fecham!);
- dão risada de tudo, mesmo quando todo mundo sabe que não teve graça;
- acha que a seta do carro é decorativa e só deve ser usada com pisca-pisca no Natal;
- não diz "bom dia/boa tarde/boa noite" nem quando é cumprimentada;
- fazem questão de destruir seu dia, com uma frase, mesmo sem nenhum motivo;
- são "espertinhas" (diariamente desejo a morte de uma dezena desta espécie, eu confesso);

Gente inútil não é gente que não faz nada, é gente que não AGREGA nada, que não faz a menor diferença ou, quando faz, é para atrapalhar, estragar, destruir.

Gente que faz mal pelo simples fato de estarem vivas.

Gente que diz "eu trato os gays como se fossem gente normal". SEU INFELIZ, eles SÃO gente normal. Não querem ser tratados como se fossem, eles já são! (favor aplicar o mesmo exemplo para negros, deficientes, toda forma de ser humano que sofra alguma forma de preconceito)

Ser inútil é uma arte. É preciso QUERER ser assim. Todo inútil é assim porque QUER ser assim. Até por isto, raramente eu tenho alguma forma de piedade quando sofrem, seja lá qual for a razão.

Gente inútil. Cuidado com elas. Estão espalhadas por aí, mais perto do que você imagina...


Paz e abraços a todos!!

Donos da Verdade, a pior estirpe que a humanidade já produziu

Tive uma experiência muito triste hoje. Daquelas que minam nossa fé na humanidade, que sugam nossas forças, que de repente explicam como a humanidade chegou onde está.

Na tentativa de estabelecer um diálogo, percebi comportamentos que me fizeram refletir muito sobre mim, sobre minhas amizades, sobre o mundo que eu vivo.

Me vi em alguns destes comportamentos, em outros observei que senti nojo, em outros piedade, em outros apatia.

Conversei com uma pessoa da pior estirpe existente: deuses da verdade, donos absolutos da verdade sobre a vida, o universo e tudo mais.

Gente que fala por vinte minutos e quando você acha que ela terminou, quando você começa a falar, ela te cala, seja com demonstrações de desdém, ironia agressiva, ou mesmo falando por cima de sua voz.

Gente que não se dá ao trabalho de ouvir, que algum dia fez a decisão de nunca mais ouvir ninguém que discorde dela.

Gente que está sempre pronta para atacar. Gente que se defende sem que você esteja, sequer, armado.

Gente que está mais preocupada em alimentar seu ego do que em dividir a razão.

Gente que está mais preocupada com a fama do que com a colaboração.

Gente que me faz mal sem precisar me tocar.


Estou cansado. Por hoje, basta.