quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Futebol, #Brazux2013 e a rodada 25 do Brasileirão



A 25ª rodada do Brasileirão acabou. Agora faltam 13 para o campeonato acabar, 39 pontos em disputa. São muitos pontos ainda, claro, mas começamos a olhar o andamento do campeonato e já conseguimos desenhar algumas situações.

Mas antes, vamos falar da rodada!? Sim, vamos. Foi uma mera retórica mesmo.


Macaca 1x0 Timbu

Começamos com o jogo de terça (estranhamente não é da divisão que o Palmeiras joga), que apesar dos envolvidos (ambos no Z4), foi um jogaço. Engraçado pensar que, somando os dois times, temos 39 pontos. Isto não coloca um time NEM no G4! Jogo bom, 3 gols, com direito à virada do Náutico, no último minuto, pra cima da Ponte. Neste momento eu acredito mais no Náutico do que no São Paulo na Série A em 2014.

Grêmio 1x0 Dragão

Depois de vencer o São Paulo em São Paulo, na rodada passada, agora o Grêmio venceu em casa, num jogo daqueles bons de dormir. Destaque 1: o gol perdido por Ederson, do Atlético-PR, aos 5' do Segundo Tempo. Destaque 2: o lance de expulsão de Luiz Alberto (do Dragão) ao realizar o sonho de 99% dos zagueiros no mundo e largar a trava da chuteira nas costas de Kleber.

Marias 4x0 Lusa

Jogando no Marião, os smurfs atropelaram a Lusinha. Todos os gols no primeiro tempo. No segundo a Lusa entrou em campo e acabou a festa, mas já era tarde. Destaque: elas precisam de 6 vitórias em 13 jogos, pra levar o caneco, sem depender dos adversários. Já levaram esta, a próxima só em 2023.

Flunimed 1x1 Botafogo

Clássico regional no Rio. Apesar de marcar o primeiro gol da partida aos 2' do primeiro tempo numa jogadaça do ataque tricolor, bastaram apenas mais 11 minutos pro alvinegro empatar, em cruzamento de Seedorf. É nítido o quanto falta fôlego ao elenco do Botafogo. Quase todas as chances de gol do Flunimed foram na base da falta de pernas e fôlego do adversário. Destaque: ...!

Vitória 2x1 Goiás

Fora o uniforme mais inexplicável da história (o Leão da Barra jogou praticamente com o uniforme 2 do Santos emprestado... tem que ver issaê!), foi o típico Jogo-Cochilos. Pra quem não sabe, um Jogo-Cochilo é quando algo só acontece de 15 em 15 minutos no jogo. Vitória do Vitória (rá!), levando o time à 5ª colocação na tabela, só esperando um dos 3 do G4 escorregarem pra ele entrar lá. Destaques: o primeiro gol do Vitória, de Escudero. Mico: o telão do estádio mostrou o famoso escudo "VICE" no telão, ao invés do oficial. Acho que a torcida não gostou. Acho...

Timeco 2x0 Tricolor Baiano

Depois de OITO, isto mesmo, OITO jogos sem vencer e 393 minutos sem marcar gols (kkk, eu ri!) o segundo time mais querido da CBF venceu, afastando, por enquanto, a crise que se instalava por lá. O jogo? Aquilo de sempre dos últimos dois anos em jogos do time dos mano: travado, sem graça e com algum gol para não deixar a gente esquecer que aquilo lá que estão jogando, em tese, é futebol. Destaque: ... né.

Coxa 0x2 Flameco

Definitivamente o Curitiba perdeu o fôlego e agora luta para não cair mesmo. Do outro lado, na ala mais MALA do país, o Flamengo disputava com o Coxa qual o uniforme mais bizarro da noite. Destaque: o Coxa se esforçou muito para ser goleado, errou gol feito, errou passe na boca da área, fez de tudo, mas o roubo-negro não ajudou. Mico: apesar do segundo gol do Flamico ter saído, o gol que o Léo Moura errou, no mesmo lance, foi bizarro, mas nada que o torcedores já não estejam acostumados.

Peixe 3x0 Tricolor

E chegamos à 12ª derrota do São Paulo, rumo à Segundona. O Santos fez o dever de casa, goleou e ainda sonha com uma vaguinha no G4. Destaque 1: o golpe de MMA que Alison, do Santos, deu no Douglas é digno de vaga no próximo UFC. Destaque 2: o terceiro gol do Peixe foi marcado pelo único contemporâneo de Pelé em campo, Léo, que joga no Santos há pelo menos uns 40 anos.


(Atualização - Quinta - 03/10)


Galo 4x0 Macaca

O Galo, sem R10 mais uma vez (que tão cedo volta a jogar pelo time), jogou bem durante 70 minutos da partida. A Ponte Preta teve seu auge nos primeiros 20 minutos do segundo tempo e foi só isso. Jô marcou dois e embarca para jogar pela Seleção da CBF, com Victor. Destaque: Tardelli, de novo, fez bem seu papel de novo maestro do Galo e ocupou muito bem o meio campo. Mico: a Macaca, que só não micou mais porque tem como desculpa a obra-prima da CBF, jogo pra Ponte numa terça em Natal e na quinta em Minas. Aplausos, por favor. De pé.

Vascão 3x1 Colorado

No Moacyrzão, em Macaé, RJ, o Vasco tomou fôlego, venceu o maior batedor de cabeça do campeonato e saiu do Z4. E o Internacional continua com a sina: elenco forte no papel, futebol meia-boca em campo. Até quando, hein Dunga? Destaque: o polêmico terceiro gol do Vasco, que até agora estão discutindo se o jogador estava impedido ou não. No fim das contas, prevalece o que SEMPRE deveria prevalecer, na dúvida deixa o jogo correr.

http://www.vippredictor.com/pt-BR/Group/Index/5958/brazux2013





MOMENTO CBF


Coisas da CBF mesmo. Repararam que a Ponte Preta aparece DUAS vezes numa mesma rodada!? Pois é. A CBF simplesmente marcou dois jogos pra Macaca esta semana, terça-feira (que venceu) contra o Náutico, quinta-feira, contra o Galo em jogo válido pela OITAVA (!!!!!) rodada do campeonato.