quinta-feira, 9 de maio de 2013

Direitos iguais, obrigações diferentes... há algo errado aqui!

Ok meninas, moças, senhoritas e senhoras, chegou a tão esperada hora de fazerem barulho... mais ainda.

Acontece que hoje eu quero, desejo, anseio que todos (machos, fêmeas e variações) façamos a simples reflexão: até quando TODO mundo vai ficar BERRANDO por direitos iguais SEM absorver as obrigações iguais??

Cuidado, minhas queridas pimpolhas, cuidado porque a corda está por arrebentar. Passaram tantos anos lutando por igualdade. Alcançaram isto. Infelizmente, agora estão ultrapassando isto, estão começando a exagerar, a transformar o homem (masculino e similares) em escória, estão criando um mito baseado na ideia de que homem merece sofrer simplesmente por ser... homem! Alto lá!!!

Mas qual o resultado deste comportamento estúpido?? Sinceramente, não quero estar vivo para ver.
Fonte: http://farm6.staticflickr.com/5065/5692055844_591c9a2c57.jpg

Tenho dois pensamentos que se complementam e misturam acerca desta questão.

O primeiro é que, simplesmente, não há razões lógicas para que o tratamento à homens e mulheres seja igual. Calma, respira e leia. Alguém trata uma criança como trata um idoso? Alguém trata um cego como trata um coxo? As pessoas são diferentes, por mais "classificadas" que elas possam ser (criança, jovem, adulto, idoso), são diferentes. Por isto recebem tratamento diferente.

O segundo pensamento é que não importa COMO você classifique as pessoas, eu classifico todas como humanos. Humanos, sejam de onde for ou de onde vierem, têm os mesmos direitos e deveres a serem respeitados e cumpridos conforme legislação em vigor.

Vocês são inteligentes, tirem suas conclusões.

Para fechar, segue um vídeo, está legendado, então acaba sendo auto-explicativo.

Opinem, por favor.


Palavra do dia: Sexismo

( Segue link da publicação "fonte", 
com a qual tive contato e fui inspirado a 
escrever esta publicação: http://goo.gl/DT4nr )